sábado, 29 de novembro de 2014

Docs para quem ama fotografia: "A Fotografia Oculta de Vivian Maier" e "Men at Lunch"

sábado, 29 de novembro de 2014


Eu adoro assistir documentários porque são histórias reais e incríveis - e que muitas vezes pouca gente conhece. Duas dessas histórias maravilhosas sobre fotografia chamaram minha atenção, "Finding Vivian Maier" e "Men at Luch". uma sobre uma desconhecida que tirava fotos, que se tornaram sucesso nos últimos anos, e outra sobre uma foto ultraconhecida mas protagonizada por desconhecidos. Já viu?

A Fotografia Oculta de Vivian Maier 

Vivian Maier virou sensação nos últimos anos e criou fascinação: uma babá de vida reclusa que passou a vida fotografando sem que NINGUÉM descobrisse sua imensa coleção. Eu vi esse documentário durante um festival de cinema, mas oficialmente, ele nunca foi lançado no Brasil. A produção é mais uma empreitada de John Maloof, historiador que comprou em um leilão 30 mil negativos e 1600 rolos de filmes não revelados e se descobriu sentada em um pote de ouro - o que vamos combinar, foi bem injusto para a própria Vivian que morreu sozinha e sem dinheiro. 

Maloof mostra como ele comprou, revelou e descobriu as fotos da excêntrica Vivian Maier. Ele fica tão fascinado que decide ir atrás da história de vida da babá, as crianças que cuidou e todas as manias da fotografa - que inclui se manter anônima a todo custo, usar nomes falsos e não jogar jornais fora. Hoje, Vivian Maier conquistou espaço no limbo da fotografia depois de sua morte e é parada obrigatória para quem curte imagens espontâneas e simples do cotidiano.


Meio mundo conhece a foto intitulada "Lunch atop a Skyscraper": 11 operários almoçam metros acima do chão, durante o intervalo de uma obra. Então eu estava procurando o que assistir no Netflix quando encontrei o documentário "Men at Luch", longa que comemora os 80 anos da imagem e ainda tenta descobrir quem são os homens por trás da foto. Durante os anos pós-depressão, era comum que fotógrafos visitassem obras e registrassem o "nascimento" de novos prédios.

A foto do almoço dos operários foi forjada, montada para divulgar a construção do Rockefeller Center em New York, mas todos os onze "modelos" são trabalhadores reais. Apesar de não achar todos, o documentário resolve parte do mistério da fotografia ao reconhecer como parte da fotografia os imigrantes irlandeses Francis Michael e Stretch Donahue. O documentário também mostra os arquivos e várias curiosidades sobre a fotografia, como um negativo de vidro da imagem original.

2 comentários:

  1. Nossa, existe um documentário da Vivian Maier! Fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? O que acho mais legal é que não poupam ela apesar das fotos, dizem que ela era estranha, uma babá esquisita, etc. etc.

      Excluir

Coisas Infinitas © 2014