domingo, 30 de novembro de 2014

Links para curtir no domingo

domingo, 30 de novembro de 2014

Domingo é dia de preguiça, e nada mais justo do que aproveitar o tempo jogado na cama/sofá/chão/etc para ler um pouquinho. Separei alguns links delícia que li durante a semana para esse momento que você não sabe se casa, compra uma bicicleta ou continua deitado não fazendo nada:

- "8 comerciais japoneses totalmente incríveis!" - Dela Rosa viajou para o Japão e conta porque a televisão asiática é tão legal. De quebra, um monte de comerciais nipônicos muito divertidos.

- "Para que água, filho? Tem refrigerante no carro" - Cristiane Segatto, repórter de saúde e bem estar da Época discute na última coluna se o estado precisa mesmo regular as porções de alimentos industrializados ou se somos nós que precisamos de mais bom senso. Vale a leitura.

- "Ruby Sparks: datilografia e perfeição" - Angelo Dias dá pitacos sobre Ruby Sparks (que já apareceu por aqui quando falamos de manic pixie dream girls). Quem já viu o filme?

- "10 tatuadores incríveis do Rio de Janeiro" - As meninas do Just Found listaram dez perfis do Instagram de tatuadores da cidade maravilhosa. Ideia ótima de quem está procurando um profissional para chamar de seu.


- "Bonito demais para comer" - ainda dentro do "coisinhas de natal que eu gosto sim, e dai? O Ideia Fixa mostra um pouco da arte de Amber Spiegel, confeiteira detalhista que chega a levar 45 minutos para decorar um único cookie. É mole ou quer mais?

- "Uma infâmia no passado da Suíça" - Suiça é um lugar ótimo de se viver, mas tem revelado um passado negro que ficou enterrado. Nesse texto do blog do Noblat, descobri um pouco dos verdingkinder, as "crianças de contrato", mas que na prática eram escravas orfãs ou retiradas de suas famílias para fazerem trabalhos braçais. Essa politica, pasmem, durou do século XIX até meados dos anos 1980, deixando centenas expostos a assedio moral, sexual, agressões e miséria. No NY Times é possível ler o relato de um neto de uma verdingkinder.

- "Romana e o bilionário do amianto: a dor que não prescreve" - Eliane Brum escreve matérias incríveis e a dessa semana é uma delas. Em sua coluna do El Pais, a jornalista conta a história de Romana Blasotti,  presidente da Associação de Familiares e Vítimas do Amianto, produto bem comum na construção (inclusive no Brasil, um dos países que a substância não é proibida) que causa câncer de pulmão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Coisas Infinitas © 2014