quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Natal não-tão-óbvio? Assista "Gremlins"

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

"Gremlins" fez 30 anos nesse ano e continua sendo um ótimo filme natalino com pouco reconhecimento. Dirigido por Joe Dante e lançado em 1984, o longa conta a história de um inventor que compra para o filho um presente de natal, um bichinho chamado Mogwai que deve seguir estritamente três regras ou as consequências serão terríveis:

- Nunca colocá-lo diante da luz forte e muito menos na luz solar, que pode matá-lo; 
- Nunca molhá-lo; 
- Nunca o alimente após a meia-noite, mesmo que ele chore ou implore.

Lógico que o garoto não respeita e o resultado é o monstrinho ai do título do filme, os gremlins. Eles destroem a cidade inteira e o filho do inventor, Billy, precisa acabar com a praga antes que seja tarde demais. Ao estilo dos filmes dos anos 1980, o filme tem ação, aventura e muito humor negro - a cena dos mostrinhos no cinema vendo "Branca de Neve e os Sete Anões" ou a cena do coral são impagáveis. 


A ideia de ser uma comédia de horror já transforma o filme em uma história natalina não-tão-óbvia. De quebra, o longa ainda celebra o espírito natalino de vários tipos de pessoa: a descrente namorada de Billy com sua história natalina trágica, a família legal passando pela diversidade, o filho meio perdido que aprende uma lição no final - mesmo que isso tenha custado mortes e a cidade destruída, mas deixa isso lá. Para quem acha que estou forçando a barra, servem dois conselhos: assistam o filme, é uma comédia de horror de primeira, com cinemão antes do uso indiscriminado de efeitos de computador (ou seja, os gremlins e mogwai são todos fantoche) e de quebra, ainda é um ótimo cineminha natalino. O segundo conselho é básico: não joguem água no mogwai.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Coisas Infinitas © 2014