sexta-feira, 6 de março de 2015

Fotógrafo registra "as marcas" femininas pela moda

sexta-feira, 6 de março de 2015


Peça ou outra deixam marcas no corpo: aquele sutiã que ficou mais apertado que o normal, aquela skinny que não sabe lidar com o inchaço depois de um dia de trabalho e deixa marcas da custura, aquele sapato que apertou e deixou machucados (que é o que mais acontece comigo e sapatilhas novas). O fotógrafo Justin Bartels escolheu o tema para "Impression", um ensaio sobre as marcas que as roupas e acessórios deixam nas mulheres quando usados.

Em entrevista ao Estadão, Justin falou das inspirações: “Me intrigou que tantas mulheres usavam roupas desconfortáveis para impressionar ou atrair outras pessoas, ou para a sua própria autoestima. Com as fotos, eu queria mostrar o “depois”, a prova visual do desconforto”, contou Bartels, “Talvez mais mulheres terão voz para falar sobre seus descontentamentos com modas desconfortáveis e as empresas poderão pensar em tecidos mais macios. Eu só queria trazer para o público aquilo que as mulheres já conversam entre portas fechadas".

Essas marcas são bem banais no mundo feminino, mas será que elas deveriam existir? Esse registro pode acontecer da própria pessoa (muitas mulheres usam números menores para não sentir o "peso" de serem consideradas acima do peso ou fora do padrão, uma besteira que ainda acontece) ou pela dos outros, como a falta de tecidos mais confortáveis ou um manequim único entre as lojas que gera confusão.  Para ver esse e outros ensaios, é só acessar o site do fotógrafo.


4 comentários:

  1. Cara, que coisa incrível. Tomara que esse ensaio se propague e leve muitas mulheres (homens também, vai, não duvido que eles usem coisas que machuquem, também) a pensarem se o esforço vale a pena mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Ng tá apontando uma arma obrigando elas a isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas a sociedade com seus padrões ridículos, nos quais (por pressão de todos os lados possíveis) lutamos desesperadamente para nos encaixar impõe de maneira mais brutal que uma arma apontada nos obrigando a fazê-lo.

      Excluir
    2. Sim, a mulher entra na loja de sapatos e diz: que horror esse sapato feio que machuca meus pés e que os homens me obrigam a usar!! Me poupem.

      Excluir

Coisas Infinitas © 2014