domingo, 1 de novembro de 2015

Foda-se a tendência do tênis branco

domingo, 1 de novembro de 2015
Sim, muito agressiva, não é? Mas tem horas que realmente cansa acompanhar o que está acontecendo com a moda. Nos últimos meses, vimos um boom de saia jeans de botão, birken, qualquer coisa com listras, peças em cinza, mesclado, preto e corte liso. Sim, é normal existir tendências - principalmente porque são um adianto enorme para as lojas e sobre o que elas devem vender - mas as vezes me canso de como algumas pessoas reagem a ela. 

Hoje decidi pegar como mártir o tênis branco. Lembram dele? Daquele que te acompanhou na escola, que só ficava branco na primeira semana e agoniadamente amarelado durante todo o resto do ano? Daquele que era esquisito porém confortável que você amava odiar e decidiu nunca mais usar depois de formada? Pois bem, alguém decidiu que ele era tendência, ai aconteceu isso:



Não estou dizendo que todas as pessoas com tênis branco do mundo sejam desse tipo, mas a questão maior aqui é: você precisa desse tênis? Você entendeu a proposta dele em todos esses looks do dia? Estamos em um período em que a industria da moda está se transformando. Ela não tem mais o peso e a relevância que tinha e está dividindo o spotlight com blogueiros, looks do dia, podcasts, vloggers, instragramers e todo tipo de pessoa que tem uma câmera e o poder de compartilhar algo. 

A indústria faz mais desfiles, tem mais embaixadores, tenta se recriar com a demissão e contratação de novos criativos. Ao mesmo tempo, a galera independente cria, adapta, se inspira e tudo o mais que está acontecendo não só nas passarelas, mas na nossa vida. Então o que acontece? Uma vida menos "montada" e mais gente como a gente, mais preocupado com a vida, com o próprio conforto. Quase ninguém aguenta o tranco de um dia de trabalho com salto altíssimo, ficar duas horas fazendo maquiagem e cabelo ou quebrando a cabeça na escolha de roupa.



O resultado disso são as novas tendências: aceitação do cabelo natural, maquiagem dez em um (o alfabeto cream) e mais uma série de coisas que traduzem essa geração que consome diferente. Mas para muitas mulheres, ainda é difícil aceitar/conseguir levar para a vida a ideia de que um sapato esportivo combina com saia, vestido, roupa de festa e qualquer outra coisa, então algumas marcas fizeram um brand tão fantástico, que formamos uma tendência.

Há alguns meses, a obrigação era o new balance, agora é o bendito do tênis branco. Você quer ter um? Tenha se você realmente gostar de usar tênis. Eu, por exemplo, tinha três tênis: dois converse e um adidas, mas sempre trabalhei em escritório, um ambiente que não aceita muito bem uma calça social com um Nike de corrida. Doei os dois converse e uso muito mais o adidas porque percebi que ele estava largado no meu armário. Não preciso de mais outro.



Se você gosta, se você já tem outros e quer mais um, compre e seja feliz (e depois me conte como manteve ele branco por mais semanas do que os meus), mas se não gosta, reflita um pouco: aquele seu converse largado no armário não faria o mesmo papel? Será que uma sapatilha neutra não teria o mesmo efeito de conforto que parecem nessas fotos de look do dia?

Então antes de sair correndo e comprar o seu, pensa com carinho: vai ser mais um sapato que vai ficar jogado no canto porque estou mais acostumada a usar sapatilha e/ou salto? Ás vezes, você vai dizer o mesmo "foda-se o tênis branco", para essa e outras tendências que fazem essa industria girar.

(Todas as fotos desse post são originalmente de uma matéria de tendência da Capricho)

Um comentário:

Coisas Infinitas © 2014