domingo, 21 de fevereiro de 2016

A linha narrativa de um clipe (ou como voltei a Love of Lesbian + Lyona)

domingo, 21 de fevereiro de 2016


Sabe quando um artista cria uma persona nos clipes e você termina tão apegada a ela como a música tipo a parceria Sia + Maddie? É basicamente sobre isso que vamos falar. Já contei desses dois por aqui: indiquei Love of Lesbian, uns roqueiros indies espanhois nesse post aqui, e também contei um pouco da arte da Lyona e do meu amor por "Yo mataré monstruos por ti" nessa postagem, mas nunca realmente contei como me apaixonei pela parceria. Então hoje surgiu na minha timeline uma matéria chamada "A Spilberg da música Indie" e decidi falar mais um pouco.

Apesar da banda ter alguns muitos anos, LoL só caiu nas minhas graças com "1999 (o cómo generar incendios de nieve con una lupa enfocando a la luna)" - sim, um título realmente grande - de 2009. A responsável pelos clipes (e pela imagem do CD,  material promocional e tudo o mais que deveriam produzir artisticamente) é Lyona. Ela queria criar uma ideia de trilha sonora, como se os clipes fossem de algum filme, e decidiu chamar um par de estranhos para isso.

Marina e Carlos não são atores. Marina era uma fixação de Lyona, ela viu umas fotos na internet, achou fotogênica, entrou em contato. Calhou dela ter um amigo que a artista achou que era o que precisava e o resto virou história. A espanhola fez vídeos para algumas músicas do "1999" e quatro dos clipes são protagonizados por Marina e Carlos. Ai vai cronologicamente:





Basicamente: garoto conhece garota. Ela é meio esquisita, ele tenta acompanhar. Ela é meio visceral e gosta de coisas esquisitas (alô Eduardo e Mônica espanhóis). Vamos lá naquele show que eu odeio porque ela gosta (e se você pegou a referência, o clipe é todo baseado na cena do show do Bowie de "Eu, Christiane F."). Dai começa o "segundo assalto" do relacionamento e a gente começa a brigar e decide que acabou, tudo embalado ao tom melancólico de "1999". Legal, né? Ou seja, antes da Maddie da Sia, eu já tinha Marina e Carlos do Love of Lesbian. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Coisas Infinitas © 2014