segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Documentários sobre esporte (e algo mais): Ícaro, Les Bleus e Paratodos

segunda-feira, 7 de agosto de 2017
Como vocês devem perceber pelas minhas postagens, eu curto uns documentários - Inclusive indico alguns sobre alimentação aqui e aqui, alguns históricos aqui e aqui e outros de interesses gerais aqui - Com a chegada de um documentário esportivo/investigativo que esperava há algum tempo na Netflix, resolvi indicar três filmes que falam sobre esporte, mas que não é só sobre isso:

Ícaro

Entrou no Netflix esse final de semana e e corri para ver. Estava esperando entrar desde que o trailer foi divulgado e não me decepcionou (apesar do inicio arrastado que tem uma razão de ser. Para nós brasileiros, a história teve mais atenção porque teve consequências dos jogos olímpicos no Rio de Janeiro e foi coberto massivamente pela imprensa: o escândalo de doping russo.

A questão é que o documentário não era para ser sobre isso. Bryan Fogel é ciclista e fã de Lance Armstrong e queria mostrar a verdade sobre o doping nos esportes e como ele pode ser ocultado (como nos anos de competição do ciclista estrela até ele ser "dedurado" pelos companheiros de equipe). Bryan quer tomar substâncias e competir para saber o resultados e entrevistar especialistas no meio do caminho. Um deles decide ajudar nas indicações de remédios, injeções e técnicas para burlar os exames e desiste logo em seguida, indicado Grigory Rodchenkov, que era, nesse momento, o chefe do laboratório antidoping da Rússia.

É ai que a história dá uma volta de 360 graus e Bryan e Rodchenkov criam um laço de amizade, com ele ajudando no processo de doping do ciclista amador e depois o indo visitar (e levando para um tour no laboratório que meses mais tarde seria o coração do escândalo da Russia). E então o doping massivo de atletas é revelado e o russo foge com a ajuda do diretor do documentário e pede ajuda para revelar toda a história para a imprensa. No final, você fica chocado sobre toda a corrupção, doping e processo Russo (e executado por anos) de dopagem a atletas apoiado pelo governo (além de achar bem louca essa relação de Bryan Fogel e Grigory Rodchenkov).


Sinopse: Quando Bryan Fogel começa a descobrir a verdade sobre o doping nos esportes, uma reunião casual com um cientista russo transforma sua história de uma experiência pessoal em um thriller geopolítico envolvendo urina suja, morte inexplicável e um ouro olímpico.Trata-se da exposição do maior escândalo da história do esporte.

Les Bleus

Ainda no campo do esporte, temos "Les Bleus" que cobre os últimos 20 anos da seleção francesa de futebol masculina. Ai você pensa que vai ser um vídeo institucional de vitórias (principalmente da famigerada copa de 1998) e termina chocado com um panorama político-social que usa o esporte como pano de fundo para o racha da sociedade da França que tem sequelas até hoje - como a dos ataques terroristas feitos por cidadãos franceses.

A narração, principalmente sobre a primeira geração - que apesar de vitoriosa tinha haters declarado como Le Pen que chamava de estrangeiros filhos de imigrantes, mesmo com estes tendo nascido em território francês. Ao longo de todo o documentário, vemos que a vitória do time criou uma aura do francês miscigenado, “negro/branco/árabe”, que criou mais problema, preconceito e evitou uma discussão mais profunda: a diferença de tratamento de pessoas de origens diferentes. Trailer em francês aqui

Sinopse: Este documentário mostra 20 anos do time nacional de futebol da França, Les Bleus, cujos altos e baixos espelham a sociedade francesa.

Paratodos

Gosto muito desse documentário, muito por ele ser piegas. Não me entendam mal, mas ele apela para aquele sentimento de: eu reclamo da vida, enquanto isso tem gente sem pernas, braços, problemas motores e doenças degenerativas treinando por horas para conseguir medalhas. Cada história é mais incrível que a outra e é impressionante saber que, apesar de ganhar mais medalhas que o time principal e ter menos orçamento, o quanto essa galera respira e ganha a vida através do esporte.


Sinopse: A trajetória, a vida e os desafios de alguns atletas paralímpicos, que fazem parte das delegações brasileiras de natação, atletismo, canoagem e futebol, em fase de preparação para os Jogos Paralímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. O dia-a-dia, a superação, os obstáculos, as alegrias, as tristezas de cada um dos atletas são objeto deste documentário, que também debate a questão da inclusão dos deficientes físicos na sociedade brasileira em geral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Coisas Infinitas © 2014